Trabalhos fora do sítio: Agrofloresta da Reserva do Ibitipoca

Em setembro de 2014 juntamente com a equipe do hotel Reserva do Ibitipoca iniciamos o plantio de uma área de aproximadamente 6.000 mts quadrados. Depios de cerca de 20 dias preparando a área fizemos o plantio.

O Preparo da área

O preparo incluiu arar e gradear 6 linhas de plantio com 70 mts de comprimento cada. Depois de gradear usamos a enxada para preparar um sulco no qual colocamos calcário e esterco de cavalo misturado em serragem. Depois, aproveitamos que estávamos ao lado de um eucaliptal para tirar tocos de meio metro que serviram de cobertura de solo, de acordo com o sugerido no livro Agrofloresta: aprendendo a produzir com a natureza, da cooperafloresta. Seguem algumas fotos:

preparo 2

Arando e gradeando as linhas de plantio. As linhas estão distantes 10m uma da outra onde foi preservado o pasto de braquiária.

espalhando esterco sobre os tocos de madeira

Espalhando esterco sobre os tocos de madeira

capinando, sulcando e espalhando esterco

Uma capina para retocar o trabalho do trator e formar o sulco onde foi espalhado calcário e esterco de cavalo.

organizando o material lenhoso

Espalhando os tocos de eucalipto, primeiro com o trator e depois na mão mesmo. Pode parecer muito trabalho mas compensa muito porque nos próximos meses praticamente não precisamos fazer capina.

O plantio foi feito realizado no final de outubro 2014 seguindo um mapa preparado por mim. O objetivo era incluir arvores pioneiras, frutiferas, secundárias e de climax juntamente com produção agrícola como milho, feijão, mandioca, cana e banana. segue o mapa em pdf e algumas fotos do desenvolvimento da área. Felicidades amig@s!

saf engenho oct14

20141202_153718

Angelim, mixirica, e juçara plantados de muda e milho.

20141202_153424

Feijão, milho, banana

20141202_153339

bananeira e juçara entre os pés de milho

20141202_162125

Uma das linhas da área, com um mes e meio. Bananeiras de 4x4mts com mudas de árvore de metro em metro, milho e feijão na linha, mandioca a leste e cana de açucar a oeste.

20150224_085719

Primeiro roçado feito nas entrelinhas de braquiária. Feito pelo trator com roçadeira e…

20150225_091315

… rastelado e organizado nas linhas de plantio.

20150225_091504

uma das linhas com 4 meses.

20150414_093159

Em maio 2015 com 7 meses. Estamos plantando mudas de cedro que foram produzidas na Reserva. A expectativa é que as mudas de secundárias como o cedro, o angelim ou a caviuna crescam retas para ultrapassar as arbustivas (mandioca, feijão guandu, mamona) e depois sigam desenvolvendo o Foost para passar as pioneiras (mulungu, guapuruvu)

Anúncios

Dias de Abril

Nossa agrofloresta já está dando algumas colheitas... deu umas 5 dessas abóboras!

Nossa pequena agrofloresta já está dando algumas colheitas... deu umas 5 dessas!

Amig@s, esses últimos dias foram especiais.  Passaram por aqui 10 pessoas nos dias ao redor da semana santa.  Foram dias muito alegres onde compartilhamos muitos bons momentos e, como não podia deixar de ser, muito trabalho.

Vou tentar relatar todas as atividades que fizemos, mas é provavel que eu esqueça muita coisa:  Fizemos  mais 2 paredes e demos inicio a uma terceira, aterramos nossa cozinha e varanda, que agora está pronta pra receber o contrapiso, roçamos o capim ao redor das bananeiras e agora temos 16 bananeiras de nanica a ponto de bala.  Além disso colhemos feijão, plantamos alho e hortaliças, visitamos amig@s, nadamos no rio, limpamos a trilha pra prainha e fizemos muitas refeições, celebrações e goiabadas.  Cada objetivo alcançado era motivo pra comemorar.
Vou postar algumas fotos aqui pra tentar dar uma idéia de toda a energia que passou por esse terreno nos últimos dias.
Uma woofer que passou por aqui, chamada Juliana, fez um relato muito legal sobre a experiência dela no sítio, que vou colocar como próximo post.
Um grande  abraço a tod@s que compartilham de nossa jornada onde quer que estejam.

Amarrando o bambu pra receber o barro. Fazemos um vinco nos bambus verticais e passamos os vidros de carro por eles. Esses vidros são muito fortes, já receberam até uma tempestade de granizo e aguentaram firme.

Pisando o barro

Pisando o barro com Emilie, Juliana e Daniel.

Todos barreando!

Aos poucos a obra vai tomando cara de casa...

Uma das paredes semi terminada. Ainda falta fazer a parte de cima.

Aterrando a área onde vai ser o o piso da varanda, com Cyril e Taylor. Usamos as lajotas inteiras para aproveitar o volume.

...E muuita goiabada!

Digite seu endereço de email para acompanhar esse blog e receber notificações de novos posts por email.

Junte-se a 763 outros seguidores